Marisa Costa

Saber sonhar é saber viver!

Perfil


...Alvorada do amor...


"Porque eu fazia do amor
um cálculo matemático errado:
pensava que,
somando as compreensões,
eu amava.

Não sabia que,
somando as incompreensões
é que se ama verdadeiramente.
Porque eu,
só por ter tido carinho,
pensei que amar é fácil".

 
Quando me falavas de amor e,
eu envergonhada, me calava,

Achava aquilo gostoso, 
belo e vivia o momento com você

Embora não o admitisse...
 
E me punha a imaginar...
Se e quando nos encontrássemos
como seria belo degustar
cada instante
num crescente de sentidos
e emoções únicos, consentidos...

 
O Universo inteiro,
testemunha dessa explosão
de unicidade de almas,
se dobraria total, irrestritamente...
(Experiência por mim nunca vivida)

 
“Olhos cheios de poemas "
 eu sorria,
acariciava seu ser
que acalentava o meu coração
como ninguém
nunca antes o fez...

 
Perdão, se te  abrisando,
suguei-te sem dar nada em troca.

Dei-te os meus poemas,
o melho de mim"...   

Clarice Lispector

 
 
 

 
Site do Escritor criado por Recanto das Letras